DJ PARA SUA FESTA

DJ PARA SUA FESTA

30/09/2013

O QUE UM DJ FAZ ?

O DJ é como um chef de cozinha. Ele trabalha na seleção dos melhores alimentos e como combiná-los com perfeição. Só que, no caso do DJ, a matéria-prima é a música. Muitas pessoas pensam que é um trabalho de glamour, mas esse profissional precisa se dedicar por muitas horas no estúdio, fazer pesquisa musical e também ousar nas combinações. Algumas das habilidades/conceitos que o DJ precisa desenvolver são:

Gostar de música: Se não gosta, nem pense em se tornar DJ. Você vai precisar escutar dezenas, centenas e até milhares de músicas por semana (top DJs nacionais como Fabrício Peçanha e Leozinho Paciornik chegam a escutar de seis a oito mil músicas por semana).
Repertório: O DJ não é melhor que as suas músicas. Ele não é nada sem case (conjunto de música que pode estar em formato de vinil, cd, pen drive ou em computadores). Para montar o repertório, esse artista frequenta lojas de discos e, principalmente, lojas virtuais que vendem Mp3s. Para a música eletrônica, a Beatport é a principal.
DJ de evento ou club: DJs que tocam em eventos (casamentos, festas de formatura, eventos corporativos etc.) precisam tocar de tudo. O case destes artistas deve contar com milhares de músicas para atender a qualquer pedido extravagante do dono da festa. Não seria incomum tocar, na mesma noite, música clássica, eletrônica, rock, pagode ou sertanejo. Os que tocam em clubs já têm um trabalho diferente. Geralmente são chamados pela seleção musical que fazem, técnica de mixagem e carisma. Neste caso, você terá uma liberdade maior para mostrar a sua arte e o seu gosto musical.
Definir um estilo: Dentro da música eletrônica existem muitos estilos que são tão diferentes quanto o heavy metal e o pagode. Uma boa forma de descobrir o seu preferido é navegar dentro dos gêneros e perceber as diferenças entre hard techno e eletrônica, entre progressive house e deep house e assim por diante…
Técnica de mixagem: Depois de você montar o seu repertório, vai ser necessário desenvolver uma habilidade importante que é a técnica de mixagem. Com isso, o DJ consegue criar uma apresentação contínua, com músicas sendo conectadas de uma forma que boa parte do público nem perceba as transições.
Construção de set: Organize seu material e planeje seu set (conjunto de músicas). Não adianta tocar as melhores músicas no começo ou tocar muito pesado em uma parte e leve na outra. As músicas possuem diferentes intensidades e energias. Um bom DJ sabe dosar essas forças e direcionar a pista para onde ele quiser – como um maestro faz com uma orquestra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

voce tambem vai gostar de

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...